>

Não assisto muito o Big Brother… de qualquer maneira, acho muito interessante observar as despedidas sempre que alguém é eliminado… às vezes percebemos na pessoa que é eliminada uma vontade de ficar… outras vezes percebemos uma vontade de ir … e interessante também é observar a reação de quem fica na casa… muitas vezes as pessoas se apegam uma às outras e quando uma pessoa vai embora parece que o mundo fica menor…

Aqui em Libertyville não é muito diferente do que acontece nas despedidas do Big Brother… às vezes que vai embora gostaria de ficar e às vezes que vai gostaria de ter ido antes… mas pra quem fica, fica aquela coisa… o lado bom do Big Brother Libertyville comparado ao Big Brother Brasil é que teoricamente, para cada pessoa que vai, vem uma outra… o lado ruim é que parece que as pessoas ficam apenas o tempo suficiente para nos apegarmos…

Desde que estou aqui, vi indo embora o Rafael, a Wanessa, o Augusto, Luciano e a única coisa boa da despedida aqui são as festas de despedidas que fazemos… hoje, Luciano foi embora e ontem fizemos a festa dele… alugamos uma Limosine e fomos para o “Bar Chicago”…

O “Bar Chicago” é uma balada aqui… quem me conhece sabe que não sou NADA baladeiro mas mesmo assim sei que as baladas daqui são diferentes das baladas no Brasil… isso no jeito que as mulheres dançam, principalmente quando dançam com homens e no fato de que ninguém beija ninguém… bom, pra não dizer ninguém, eu vi um único casal que parecia estar ficando pela primera vez… fora isso, posso quase afirmar que todas as mulheres subiram no balcão do bar pelo menos uma vez… rs… Cerveja? US$4.00 ou US$5.00… depende da cerveja… se pensar em Reais toma pouco… falei pro barman como preparar uma caipirinha de vodka e até que ficou boa… deu pra matar um pouco a saudade do Brasil… US$8.00 nessa brincadeira mas só não tomei outra pois fomos embora antes…

Na Limosine a farra foi das boas… na ida, cerveja e muita risada… na volta, risada e um tour por alguns pontos de Chicago… acho que o motorista achou que a gente não conhecia Chicago… detalhe, o motorista mora em Zion (pra quem não lembrou, o nome da cidade do humanos em Matrix)… se chama Mike… gente fina… na volta deu umas cochiladas no volante o que fez com que o Balieiro e eu (até eu pegar no sono) ficássemos conversando com ele para mantê-lo acordado… rs… o preço dessa brincadeira ficou em US$270.00 fora a gorjeta do cara… tudo isso dividido pelas pessoas que foram… carinho, mas valeu a pena… rs…

Bom, como parte complementar da despedida do Luciano teve pizza no Mickey Finn’s na Quinta à noite e almoço no Lone Star hoje… mas não estou com as fotos comigo aqui…

Estou em dívida também com as fotos e fatos da despedida do Augusto… que aconteceu na Segunda-feira dia 18 de Abril…

Bom, eis as fotos mais ou menos em ordem cronológica…

Advertisements