>“A vida é uma oportunidade de se criar boas lembranças.” Não sei de quem é a frase, mas a ouvi do Casella. Concordo plenamente. É um “Carpe Diem” menos clichê. Só sei que quando eu fico com essa frase em mente, normalmente faço coisas que eu normalmente não faria… ontem foi um desses dias… eu tinha combinado com o Galuppo de tocar violão esse final de semana… mas era 19h30 e ele ainda tava em Sampa… resultado: 23h22 ele me liga e diz “Tô indo pra Romana do Cambuí”… respondi “Meia hora tô lá com os violões”… demorei 36 minutos… ou seja, cheguei 23h58… ao pensarmos sobre onde iríamos tocar, ele sugeriu o “Pão da Maria”… padaria 24 horas que fica na Maria Monteiro, perto da Romana… fomos lá e ficamos na área externa… no fundo no fundo, aquilo não foi nada excepcional, mas foi bacana… o que valeu foi que, das poucas pessoas que foram lá (Sábado pós-meia noite, frio de leve, Olimpíadas), um rapaz foi elogiar o nosso barulho quando ele tava indo embora… isso é realmente bacana… pensei em levar máquina para tirar foto, mas não levei pois imaginei que ninguém iria, como de fato, ninguém foi… 3 horas e 2 Capuccinos depois, fomos embora…

Bottom line: o “Pão da Maria” é um bom lugar pra se ir pra tocar violão no Sábado após a meia noite… acho que faremos isso mais vezes…

Advertisements