>“De perto, ninguém é normal.” Já ouvi dizer que essa frase é do Tolstoi, Drummond e Caetano Veloso, it doesn’t matter…

Todo mundo aqui assistiu o filme “The Truman Show”/”O Show de Truman – O Show da Vida”? No começo do filme, BEM no começo, temos o Truman na rotina dele, e fazendo todas aquelas coisas que teoricamente só o Jim Carrey faz… pra quem assistir e se lembra, me refiro à parte onde ele tá viajando nas maluquices dele… depois a esposa dele o chama pra tomar café e ele volta a ser “normal”… uma coisa que eu achei mais ou menos estranha, é que NINGUÉM fez algum comentário do tipo “Ah, ninguém é assim…”   …bom, ok… é filme… e é o Jim Carrey… mas ali, ele é uma pessoa quando está sozinho, e outra quando está em público… outra situação é quando em um episódio de Friends, a Rachel fica sozinha em casa enquanto a Monica e o Chandler vão pra Las Vegas com a Phoebe… e a Rachel anda pelada pela casa… ninguém achou estranho… pelo menos ninguém falou que achou estranho…

A segunda pergunta que farei já foi feita pelo Capital Inicial, e é: “O que você faz quando… ninguém te vê fazendo… o que você queria fazer se ninguém pudesse te ver?”

Bom, não precisamos ficar no âmbito de maluquices… podemos ir mais além… uma das definições de integridade que eu vi é: “Fazer o correto mesmo que não tenha nenhuma pessoa por perto.”

Não estou (ou estamos) aqui pra julgar… a questão é, é só quando estamos sozinhos que somos realmente autênticos… quando estamos sozinhos, fazemos o que realmente queremos… a gente não se priva por causa da opinião dos outros… a gente canta alto… dança com a vassoura enquanto faz faxina ao som de Madonna… grita quando está empolgado… chora assistindo filme… anda pelado pela casa… etc… (pelamor, não vão achar que eu faço tudo o que está aí, hein?)

Então a pergunta é: “Quem é você quando ninguém está olhando?”

Peace! 1234 SEMPRE!

Advertisements