>

A chuva parou… pouco depois do café e resolvemos ir fazer a “Trilha do Mirante”… foi bacana e BEM mais curta do que eu esperava… o tempo nublado deixou tudo mais fácil e agradável… ficamos lá um tempo… deu pra curtir aquele momento onde você desliga totalmente do mundo… confesso que fazia tempo que eu não fazia aquilo…

DSC00705

DSC00701
 
Ao voltarmos, fizemos almoço… macarrão e salsicha… e optamos por partir… desarmamos o acampamento… enfiamos tudo no carro e fomos embora… tivemos direito à problemas mecânicos na volta, mas nada que atrapalhasse os ânimos… cheguei em casa debaixo de MUITA chuva, que eu precisei tomar pra tirar as várias coisas do carro e depois, descanso físico…

DSC04233 
Pra viajar um pouco: cada costume que a gente tem, implica automaticamente em um costume que a gente não tem… por causa desses dias que passamos acampados, eu me dei conta de várias coisas… besteiras, mas que geraram um “conflito”, que logo passou, que quase deu vontade de fazer voto de pobreza…

E quais esses costumes:
– ter um banheiro, limpo, em no máximo 30 metros de distância de onde quer que você esteja
– ter água gelada sempre que você quiser
– ter luz quando quiser (apesar da luz elétrica no camping, dentro da barraca, de noite, precisei me virar com usando o celular como lanterna)
– plano… apesar dos morros que há em Campinas, só ando no plano… fazia tempo que eu não subia um morro andando…

Passar dias em um camping (nem dá pra dizer que foi no meio do mato) me fez pensar em como, em alguns aspectos, a vida que a gente leva é confortável… por um tempo, acho que consegui sentir o que sentiu o personagem do Tom Hanks em “O Náufrago” depois que ele foi resgatado… foi divertidamente estranho…

Bom, concluo aqui então o relato do que foi o meu Carnaval de 2009… e já tenho em mente acampar de novo… rs…

Forte abraço! 1234 SEMPRE!

Advertisements