>

Quem tem uma memória considerável, talvez ainda lembre das propagandas da Sprite que diziam “Imagem não é nada. Sede é tudo”. Esqueçam a parte da sede por enquanto… esse “imagem não é nada” é algo com a qual eu não concordo muito… eu acho que a imagem de uma pessoa normalmente diz muito a respeito dela… “normalmente” quer dizer que há exceções… talvez eu continue defendendo esse ponto de vista em outro post… mas hoje eu vim falar das exceções… 

Ok… já estraguei a surpresa, mas dêem uma olhada nessas duas pessoas: 


Elas foram a um show/concurso dizendo que cantariam… o que te vem em mente ao examinar essas fotos? Não respondam pois muito provavelmente vocês sentirão vergonha da sua opinião pré-formada… eu tive essa opinião e o juri do “Britain’s Got Talent” também teve… 

Seus nomes são Paul Potts e Susan Boyle… 

No caso do Paul Potts, acho que ele percebeu a ceticismo do juri e eu diria pela expressão dele, que ele já passou por situações parecidas antes… a Susan pareceu que não tinha tinha nada a perder… mas eu quero chamar a atenção para a cara dos jurados… não estou julgando pois, como eu já disse, tive exatamente a mesma impressão que eles… esse, até onde sei, é o terceiro ano desse show e eles devem ter visto muita coisa ruim que talvez fez com que eles julgassem pela aparência… mas a transformação da expressão deles é algo que dá gosto de ver… aliás, tanto deles quanto da plateia… 

Ficam então os videos do Paul Potts e da Susan Boyle.

Fico por aqui… 1234 SEMPRE!

Advertisements