>

Antes de começar, sinto que devo informar que eu, de maneira nenhuma, tenho a intenção de promover a violência… o video aqui retrata violência, mas só estou usando esse video como artifício para defender um ponto de vista meu que, parando pra pensar, achei curioso o fato de não ter escrito nada sobre isso antes…
Uma das coisas que eu sempre tive em mente, e que, certamente será uma das coisas que eu ensinarei aos meus filhos, é: “nunca perca a razão”… vou exemplificar…
Eu não gosto dos termos “certo”, “errado”, “poder” e “não poder”, mas vou fazer uso disso pra ser mais objetivo…
Pergunto: quem errou primeiro? Teoricamente, membros da torcida não podem entrar em campo durante o jogo… ou seja, o rapazinho que invadiu o campo errou… qual deveria ser a conduta dos seguranças? Tirar o cara do campo… só… ninguém teria achado ruim se eles apenas tivessem retirado o cara do campo… muito pelo contrário, acho até que muitos teriam feito o comentário de “good job”… mas aí, os seguranças resolveram, por sei lá que motivo, bater no cara… pô, perderam a razão… creio que nada justificaria quatro seguranças supostamente treinados e munidos de cacetete (na verdade, é uma tonfa) bater em uma pessoa… qual foi a consequência disso? A consequência foi a indignação por parte da torcida de ver o cara “indefeso” apanhando… só que, por sua vez, a torcida também perdeu a razão ao partir pra cima dos seguranças…
Vamos fazer uma breve análise dessas “perdas de razão”: no primeiro momento, o cara que invadiu o campo estava errado, ele perdeu a razão por querer dar o recado dele daquela maneira… mas após a ação inconsequênte dos seguranças, o invasor fica discutivelmente como “coitado” na história… em outras palavras, os seguranças, ao baterem no cara, agiram errado… perderam a razão… mas após a reação da torcida, “discutivelmente” ficaram como coitados na história… pois a torcida perdeu a razão…
Onde eu quero chegar? O problema de perder a razão nessas horas, é que a situação fica discutível… em uma situação onde uma conduta “errada” era indiscutível (me refiro à invasão do campo), toda a ação ficou questionável…
Sem a atitude dos seguranças, possivelmente o invasor seria “condenado” a trabalhos voluntários por algumas semanas/meses e todos achariam justo… após a ação dos seguranças, o invasor provavelmente não seria “condenado” e os seguranças é que teriam que sofrer algum tipo de pena… afinal, foi uma covardia… porém, com a reação da torcida, talvez nada aconteceu com os seguranças e muito provavelmente alguns membros da torcida foram parar na delegacia… pode ser que as coisas saíssem desse jeito… pode ser que todos (invasor, seguranças e torcida) fossem responsabilizados… como saber? Depende… e é isso que eu quero dizer… ao perderem a razão, toda essa questão ficou discutível… e ficando discutível, pode ser que o invasor não seja punido… pode ser que os seguranças não sejam punidos…
Querem outro exemplo?

O que aconteceu? O policial perdeu a razão… aparentemente, o que os garotos fizeram foi andarem de skate em local proibido… mas pergunto: o que aconteceu com o garoto? Nada! O que aconteceu com o policial? Ele foi investigado por uma comissão interna da polícia, e lembro de ter lido (mas não procurei agora pra confirmar) que ele foi afastado da polícia… pra ver o quão “discutível” ficou essa situação, basta ter em mente os mais de 3 milhões de visualizações desse video e os mais de 50 mil comentários… praticamente todos atacando o policial… alguns o defendendo… mas muito pouco de falou do erro do garoto… se o policial não tivesse perdido a razão, como teria sido o desfecho dessa história?
Bom, é isso… eu não queria delongar muito… o recado é esse: tentem nunca perder a razão…

Fico por aqui… 1234 SEMPRE!

Advertisements