>

Hey… tempos que não escrevo… é aquela coisa de sempre… estou dizendo o que eu gostaria, então não sobre motivo suficiente pra escrever aqui…
Mas achei que achei um motivo pra escrever: as minhas impressões sobre o iPad, pois acho que elas podem influenciar alguém na decisão de comprar um ou não…
A gente vê profissionais publicando suas reviews e, quanto mais experiência as pessoas têm em criticar, mais críticas elas ficam… o que eu quero dizer com isso é que o gosto deles fica cada vez mais longe do meu… e, acho que se isso acontece comigo, deve acontecer com outras pessoas também, por isso que resolvi escrever a minha… =)
Começando pelos pontos positivos: a navegabilidade é tão boa que eu dificilmente consigo imaginar em algo mais prático… ele é rápido… provê uma experiência de usuário muito boa…
Pontos negativos: aparentemente, ele facilita algo que já conseguimos fazer relativamente bem em um computador normal… sem as aplicações fornecidas pra ele, podemos dizer que ele é um dispositivo “meramente” mais eficiente…
Por outro lado, porém, uma coisa que aconteceu com o iPhone, foi o surgimento e/ou crescimento da AppStore… da loja de aplicações Apple que permite que as pessoas desenvolvam e vendam (ou “doem”) suas aplicações… por mais simples ou complexas que sejam, colocá-las na AppStore é automaticamente expô-las para o mundo inteiro e com isso, muitas aplicações interessantes aparecem… há aplicações que seriam igualmente úteis, ou mais até, em um computador, mas curiosamente, nunca houve interesse em se ter um lugar comum para essas aplicações, o que fatalmente nunca resultou em na consciência de um lugar onde aplicações fossem automaticamente divulgadas no mundo inteiro, o que nunca despertou o interesse de pessoas com ideias interessantes…
Então, com a AppStore, um iPhone consegue ser MUITO mais do que um celular… e todo esse “ganho” está também automaticamente sendo “transferido” para o iPad… as pessoas têm INTERESSE em desenvolver aplicações pra ele, o que faz dele um dispositivo interessante para se ter, o que alimenta ainda mais o interessante de se desenvolver coisas para ele… em outras palavras, o iPad não será apenas um “brinquedinho” bacana, que é o que eu ouvi de muita gente… reparem no tempo verbal…
Em aspectos mais pontuais, minha opinião é:
– ele vem sem calculadora… isso não é ruim, pois assim podemos escolher na AppStore que calculadora queremos usar e não ficar “preso” na calculadora própria dele, como ficamos no iPhone
– ele não tem câmera… por outro lado, eu não acho ele prático o suficiente para que se use uma câmera… para se usar uma câmera, suponho que se deva existir uma posição correta dela… e o conceito de posição correta é uma coisa que não existe no iPad… de qualquer maneira, não sei o quão útil seria, mas não descarto que uma versão com câmera seja lançada logo…
– a aplicação de YouTube dele não tem opções de pesquisa, que é uma coisa que eu uso bastante
– não tem suporte pra flash, mas eu não sofro com isso… os únicos sites em flash que eu acesso, e normalmente só quando estou no micro no trabalho são sites de música online…
– a bateria dura bastante… mas, naturalmente, se ela dura bastante, ela demora bastante pra carregar também… e o cabo que vem pra carregá-lo, na verdade, o cabo de dados, pode ser curto demais para você usá-lo deitado na cama ou sentado no sofá…
– para quem tem iPhone, ou qualquer outro dispositivo touchscreen, imaginem como a tela fica… felizmente, com o iPad ligado, não se percebe TODAS aquelas marcas de dedo
– o iPad, assim como um celular, não é um dispositivo que temos o hábito de desligar… com isso, o “startup” dele é instantâneo… ou seja, em 5 segundos eu consigo acessar meus e-mails ou qualquer outro site que eu queira… o que isso muda na vida de um cidadão? Bom, se você, assim como eu, tem um blog, muito provavelmente você terá vários amigos bloggeiros… e se você, assim como eu, não tem tempo ou paciência para ler esses blogs em casa (preguiça de ligar o note só pra isso) e não quer ler no trabalho, você deixa de acompanhar muita coisa… o mesmo vale para o seu site de notícias favoritos e até o YouTube quando você está sem fazer nada… ou seja, o que isso mudou na minha vida (de solteiro, pois talvez isso mude quando se compartilha uma cama com alguém): a última coisa que eu faço antes de dormir é ver algo online até o sono chegar pra valer… e a primeira coisa que eu faço antes de ter coragem pra levantar depois de acordar é ver algo online… na verdade, eu já fazia isso com o note, mas ficou BEM mais prático agora…
– as aplicações pra ele ainda estão com muito problema, parece que as pessoas estão se preocupando mais em ser pioneiros do que com a qualidade, e ainda não há muitas opções exclusivas pra ele, mas conseguimos usar todas as aplicações existentes pra iPhone…
– um ponto extremamente falho, na minha opinião, e que eu torço para que resolvam, é a falta de comunicação direta com o iPhone…
…bom, deu preguiça de continuar escrevendo… com um pouco de sorte, eu atualizo as minhas impressões após uma semana de uso…
…apesar de eu achar que falei mais mal do que bem, achei que a aquisição valeu muito a pena e o arrependimento foi zero absoluto (0 Kelvin)… #nerd
…abraços! Peace! Juizo sempre…
Advertisements