>”Cabacice” é a palavra que eu uso para definir esse meu primeiro dia de treino… que bom que eu “só” tenho 30 anos e acho que o impacto da minha estupidez não é algo que potencialmente custaria a minha vida… rs…

Para os que não sabem, eu comprei um Frequencímetro para me auxiliar nas atividades físicas… comprei um não muito sofisticado… dos sofisticados que eu vi tinha com altímetro, passômetro, GPS embutido, etc… eu comprei um que “só” funciona como frequencímetro mesmo… rs…
Bom, a intenção era ter começado há uma semana… mas a preguiça venceu essa primeira semana e ao convencer a minha irmã de ir comigo, consegui o incentivo que eu queria…
E onde foi a “cabacice”? Eu configurei o Polar para que ele apitasse caso a minha Frequência Cardíaca saísse da faixa de 60% a 75% da minha FC Máxima… até aí legal… mas, uma coisa que eu não queria era “memorizar” a quantidade de batimentos por minuto para ficar nessa faixa (sabendo que não é necessário, pois ele apita quando estamos fora da faixa)… aí, apertei o botão para que o display exibisse a porcentagem da FCMáxima em vez de BPM… ao fazer isso, quando eu ainda estava no que eu considerava como aquecimento, o Polar exibiu 80… o que eu achei que era BPM… considerei que eu não tinha conseguido mudar e fui embora, deixando pra ver os dados depois… pois bem… o nosso amigo Polar ficou apitando a volta INTEIRA e eu achei natural, afinal, minha faixa de FC é, em BPM, entre 114 e 143 e durante a corrida eu não consegui passar de 110… e eu tava MUITO cansado… comecei a andar e cuidar para que minha FC ficasse em torno de 100 “BPM”…
Terminei a volta achando que condicionamento e FC eram duas variáveis que não tinham NENHUMA relação uma com a outra, afinal, eu não tinha chegado na minha mínima e tinha ficado cansado… rs… aí, para a minha surpresa, quando cheguei em casa, eu vi que eu de fato tinha conseguido mudar a exibição de BPM para % da FCMax… conclusão: a minha média cardíaca ficou em 98% da máxima durante 50 minutos… isso é algo que me renderia uma p*** bronca do meu cardiologista, se eu tivesse um… rs…
Bom, é isso… eu terminei a volta achando que minhas condições físicas estavam BEM piores do que eu tinha imaginado, afnal, eu não tinha nem chegado na faixa desejada… agora, para o meu “alívio”, vi que as minhas condições estão apenas ruins… como era de se esperar… rs…
É isso aí… quando a minha planilha tiver informações suficientes, eu posto alguns gráficos aqui para que vocês consigam acompanhar o meu progresso… =)
E, ainda vivo, fui!
Advertisements