Eu tava com vontade de escrever… mas, para não precisar escrever um texto gigantesco do zero… resolvi vasculhar os zilhões de posts inacabados que tenho aqui…

Esse post foi escrito em 26 de Maio de 2010, quase dois anos atrás… não sei porque eu não o publiquei na ocasião… então agora, deixo ele exatamente como está, pois não lembro o que mais eu tinha a dizer sobre isso…

————————————————————————————————————————–

Yow…

Talvez a maioria aqui não saiba, mas normalmente é assim que eu começo minhas conversas via MSN/Skype… com homens, na verdade… com mulheres normalmente é “Oe!”… das outras vezes é um “Hey…”

Bom, faz um tempo que estou com esse post/assunto engasgado na cabeça/garganta para dizer para as pessoas, mas vem a questão do tempo que eu sei que levarei pra escrever tudo e sempre acabo deixando pra escrever depois…

O assunto de hoje está indiretamente relacionado ao Hábito 1: “Seja proativo”… vocês se lembram do conceito de proatividade retratado no livro, né? Se não, recomendo a (re)leitura do livro ou dos meus posts sobre o assunto (aqui e aqui)… mas resumindo bem grosseiramente, o que o Hábito 1 diz é “seja responsável”… ou melhor, “sabia que você é responsável pelo que acontece na sua vida”, tudo o que você fez até aqui, mesmo que você não queira admitir, provavelmente foi uma escolha, ou consequência de uma escolha sua…

Entender o que está no parágrafo anterior vai ajudar a entender o “Princípio do Cobertor”… e para continuar, vou supor que todos leram e entenderam, ok?

Gente, tem pessoa que adora responsabilizar os outros por causa de sua infelicidade, frustração, injustiça… é mais fácil procurarmos a culpa “lá fora” do que olharmos pra dentro… não conseguimos lidar com o fato de que a culpa é nossa… e, reciprocamente, se tudo o que acontece na nossa vida é escolha… a resolução dos nossos problemas também o é… e é nesse aspecto que eu apresento o “Princípio do Cobertor”…

Em noites frias, para dormir, o que é que normalmente fazemos? Acredito que normalmente a gente se cubra com um cobertor… mas pergunto: o cobertor nos esquenta? Muito provavelmente quando você pega o cobertor no armário, ele não está quente… um cobertor, como qualquer outro objeto desprovido de energia (elétrica, térmica etc.) não esquenta ninguém… o que o cobertor faz é impedir que o seu “calor humano” se dissipe… impedir que o seu calor se “perca”… em outras palavras, quando está frio, quem é que te esquenta? Resposta: é você… o cobertor só te dá condições para que isso aconteça…

Qual o recado por trás disso? Gente, é só você que consegue resolver os seus problemas… às vezes é bom ter alguma coisa (ou alguém) que nos dê condições para que você se ajude, mas não se engane, no final das contas, a responsabilidade é sua…

————————————————————————————————————————–

É… provavelmente após ter escrito isso eu quis fechar o raciocínio de alguma maneira… mas agora eu não lembro mais o que eu queria dizer, deixo as coisas “jogadas” aqui… se eu lembrar o que eu quis dizer, eu complemento o raciocínio depois… fora isso, vou tentar resgatar outras coisas que deixei pelo caminho…

Fico por aqui… peace!

Advertisements